Sunday, November 11, 2007

'Por qué no te callas?"



Numa atitude sem precedentes, durante a cerimônia de encerramento da Cúpula Ibero-americana, ontem, no Chile, o Rei Juan Carlos, da Espanha, mandou Hugo Chávez calar a boca. José Luís Zapatero, que aliás é de esquerda, pedia a Chávez respeito, após o Presidente venezuelano ter chamado José María Aznar de fascista, mas Chávez insistia em bater boca, quando se deu a intervenção do Rei.

Sobre Chávez e a volta do populismo à América Latina, recomendo a leitura de A volta do idiota, que chega às livrarias no dia 19 (mas já está em pré-venda no site www.saraiva.com.br, com preço promocional). Sobre o episódio em si, duas observações:

1. Quem fala o que quer ouve o que não quer. Não é a primeira vez que Chávez busca roubar a cena com ataques de estrelismo em encontros de cúpula. Depois dessa descompostura, talvez ele passe a pensar duas vezes antes de falar. Ou não.

2. Aznar foi chamado de fascista por ter demonstrado preocupação com os investimentos espanhóis na Venezuela e na Bolívia, em função da insegurança jurídica crescente nesses países. Ora, após o lamentável episódio envolvendo a Petrobras e o Presidente boliviano Evo Morales, nenhnum brasileiro pode, de boa fé, negar que a preocupação de Aznar é justificada.

5 comments:

Stefano said...

É bem provável que se o palhaço do Chávez chamasse FHC de "fascista" diante do Molusco, ele respondesse "Viu só, num tô dizeno?"...

Rê Piza said...

"Fascista" é adjetivo que cai bem no prórpio Chávez, não? Antidemocrático, antiliberal, nacionalista... Tem muito chefe de Estado que deveria tomar a atitude do rei como exemplo na tentativa de impôr limites ao venezuelano, que já foi longe demais pro meu gosto.

Ingrid said...

A atitude do rei Juan Carlos de Espanha trouxe de volta algo praticamente esquecido: a hombridade.
Talvez por estar fora do jogo (de cena?) político ele tenha podido interpelar o celerado - e perigosíssimo - nacionalista Chávez.
Uma vez rei, não se perde a majestade...

Blogildo said...

Luciano, sempre gostei dos seus textos e só agora soube que vc tem um blog (Recebo aquele spam que tanto gosto).
Tenho uma pergunta off topic: É sobre o livro "Como ler um livro" do Mortimer Adler. Sei que vc traduziu-o e que o livro foi lançado pela UniverCidade! Há previsão de relançamento do livro?
Como faço para conseguir um exemplar?

Blogildo said...

O ditador está nu! Graças ao rei!